Follow by Email

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Arca das Letras no Maranhão

Sempre quando falo do projeto Arca das Letras para colegas bibliotecários a maioria desconhece essa ação do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), então por desencargo de consciencia vou tratar do assunto aqui. O projeto Arca das Letras implementa pequenos espaços de leitura com a doação de uma arca contando com um acervo especifico além de capacitar moradores como agentes de leitura, esse projeto visa levar a leitura para areas de assentamento rural e quilombolas e no Maranhão já foram implantadas mais de 384 arcas. Divulgando alguns vídeos para maior compreensão do projeto e no fim do post link com a lista dos municipios maranhense contemplados com a arca, lembrando que tudo isso esta acontecendo a nossa revelia, vamo refletir sobre.


O Programa de Bibliotecas Rurais Arca das Letras do Ministério do Desenvolvimento Agrário vai implantar 43 bibliotecas em comunidades rurais dos municípios maranhenses  Governador Nunes Freire, Buriti Bravo e Chapadinha. A ação abrange os Territórios da Cidadania Alto Turi e Gurupi, Cocais e Baixo Parnaíba. As solenidades de entrega das bibliotecas (veja programa abaixo) serão realizadas nos dias 25 (Governador Nunes Freire), 26 (Buriti Bravo) e 27 de janeiro (Chapadinha). A equipe técnica do Programa e da Delegacia Federal do MDA no Maranhão também vai capacitar 86 agentes de leitura. Moradores das comunidades, eles ficarão responsáveis pelo empréstimo dos livros e pelo incentivo à leitura.
As bibliotecas chegam às comunidades do Maranhão como  resultado da parceria com as prefeituras municipais, com os sindicatos dos trabalhadores e trabalhadoras rurais,com  o Instituto Territorium e a Empresa Agrofort,  que fabricaram os móveis-bibliotecas chamados de arcas, onde são acondicionados os livros.
O Arca das Letras, criado em 2003, já implantou 8.040 bibliotecas, capacitou mais de 17 mil agentes de leitura e distribuiu mais de 2 milhões de livros em todo o Brasil. O projeto de incentivo à leitura abrange um milhão de famílias de agricultores familiares, indígenas, quilombolas, ribeirinhos e pescadores.
No Maranhão já foram implantadas 384 bibliotecas do Programa
Arca das Letras e formados mais de 800 agentes de leitura. Eles atuam de forma voluntária em suas comunidades e vêm contribuindo para melhorar os índices educacionais e de leitura de seus municípios e ajudando as ações culturais se desenvolverem. O Arca das Letras congrega uma rede de parcerias que viabiliza os recursos e as condições de instalação das bibliotecas em comunidades rurais. Entre os parceiros estão o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação do Ministério da Educação (FNDE/MEC), prefeituras municipais, governos estaduais, editoras, artistas e o Programa Luz para Todos do Ministério de Minas e Energia.


Links para cadastro de novas arcas e lista com municipios maranhenses contemplados pelo projeto:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva aqui seu comentário