Follow by Email

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Perfil do Bibliotecário - Luhilda Ribeiro



Luhilda Ribeiro é graduada em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Maranhão (ex-Petiana) onde hoje trabalha como Bibliotecária e estuda psicologia. .

 Um livro? 
Cem anos de solidão (Gabriel Garcia Marquez)
Um filme?
Difícil um só: Uma mente brilhante; Clube da Luta; Vanyla Sky; A pele que habito; Efeito borboleta.
Uma frase?
"Aquele que tem ciência e arte, tem também religião; o que não tem nenhuma delas, que tenha religião" (Goethe)
Trabalha em que tipo de Biblioteca? 
Universitária
Qual imagem tem do Bibliotecário?
Não tenho um esteriótipo formado.
Qual imagem acha que passa para o usuário?
Não há uma imagem. Há imagens em diferentes contextos.
O que te diferencia de outros profissionais?
De outros bibliotecários, ou profissionais de outras áreas? Se for dos outros bibliotecários: Tudo e nada. Não dá pra elencar características que se estabelecem num plano de uma qualificação (melhor ou poir...) a subjetividade de cada um faz com que suas as atitudes (inclusive no campo profissional) estejam relacionadas com o seu modo de ser enquanto pessoa. 
Qual o maior mico que já pagou numa biblioteca?
Não me lembro. Acho que fiu bem condicionada para "me comportar" nesse ambiente.
Qual o seu Hobby? 
Fazer artesanato e viajar.
Qual o seu maior sonho? 
Uma humanidade mais tolerante.
O que faz fora da Biblioteca?
Estudo
Quais ações culturais você realiza ou gostaria de realizar?
Festivais de música, poesias etc.
Por que escolheu o curso de Biblioteconomia?
Por que era o possível que poderia se tornar o real na época. 
Quais são suas expectativas para o futuro profissional?
Continuar estudando, oxigenar a minha visão (se possível a dos outros) sobre a profissão e construir saberes interdisciplinares na área. 
Biblioteconomia foi sua primeira opção ao prestar vestibular?
Tinha vontade de fazer outro curso, mas matematicamente era inviável. Então a Biblioteconomia foi a primeira segunda opção que eu tive.
Você acha que o campo da Biblioteconomia ainda é visto como um campo dominado por mulheres? 
Isso já mudou muito, e não acho que "ser um campo dminado pelas mulheres" seja necessariamente um problema.
A melhor lembrança que teve da graduação?
A possibilidade de ver o mundo com outros olhos relativizando certos modos de pensar e agir.
A melhor lembrança que teve da profissão?
Ainda é uma relação muito presente e nova pra ter "uma lembrança", acho que isso eu só vou poder apontar daqui ha um tempo.
Como você analisa o Mercado de trabalho?
Não tão bom que sobre emprego, nem tão ruim que não se consiga um emprego. O ponto crucial está na qualidade e empenho dos profissionais que se formam.
Fonte: www.bibliotecariaescandalosa.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva aqui seu comentário