Follow by Email

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Onde está a Biblioteca Pública de Imperatriz?


Há mais de dez anos a Biblioteca Pública de Imperatriz foi deslocada do antigo prédio para reformas, com mudança de endereço por mais de uma vez, para funcionar em prédios que não dispõem de estrutura adequada para receber o público e preservar o acervo bibliográfico.
A antiga biblioteca municipal fechou para reforma, ainda, em 2002. O acervo foi transferido para um prédio no centro da cidade em que também funcionava a sede do projeto Bolsa Família, local onde permaneceu até 2009. Há três anos a Biblioteca Pública Professor Osvaldo Carvalho funciona onde antes era uma escola municipal, prédio que não tem espaço adequado para todo o acervo.
O local oferece três salas: uma sala de leitura infantil, que disputa espaço com o acervo de jornais e revistas; sala de leitura para o público geral, visivelmente pequena e outra que serve apenas para abrigar os livros “mais velhos” do acervo e os livros que ainda não foram catalogados. 
O sistema de refrigeração da biblioteca também não é adequado para a conservação dos livros. Apenas uma das salas tem aparelho de refrigeração. Questionada sobre a possibilidade de uma mudança para local maior, uma das funcionárias, responde que “a vontade é muita”, mas, segundo ela, ninguém tem falado a respeito.
Coordenadora da biblioteca municipal, Edilúcia Rodrigues de Araújo, admite que o espaço seja pequeno. Aproximadamente 30 pessoas visitam a biblioteca por dia. São nove funcionários e não há bibliotecário. Disse que até o momento não foi informada de que exista proposta de mudança para um prédio mais adequado ao funcionamento da biblioteca.

O Acervo
O acervo conta com bibliografia privilegiada em alguns aspectos, pois, dispõe de títulos que nenhuma outra biblioteca da cidade oferece aos leitores: literatura russa, francesa, italiana, brasileira, maranhense, Filosofia, História, Medicina revistas da atualidade como a Cult, Bravo, Carta-Escola, Fórum, entre outros.
Frequentador da biblioteca há mais de dez anos, o estudante de Direito da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) Anderson Lima, defende o acesso aos livros e diz que a bilblioteca é um espaço democrático. “A escrita deve ser preservada e esse é o papel da biblioteca, oferecer acesso para todos”, afirma o estudante.

Fotos da biblioteca






 Fonte: http://www.imperatriznoticias.com.br/component/content/article/62-cultura/3945-onde-esta-a-biblioteca-publica-de-imperatriz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva aqui seu comentário