Follow by Email

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Biblioteca do UemaNet em fase de implantação



Desde que o homem começou a sua história, ele se preocupou em criar lugares e ferramentas que possibilitassem o repasse do conhecimento a futuras gerações, tendo acesso aos objetos, conceitos, tecnologias, livros e outros materiais, a fim de colaborar com a aquisição do conhecimento.
O homem preocupado em repassar os conhecimentos foi criando e aperfeiçoando os seus inventos e seu modo de viver; com isso, foram surgindo lugares e objetos que davam oportunidade de criar, guardar, organizar e disseminar as informações para as pessoas. Estes ambientes são as Instituições Educacionais dentre elas a Biblioteca, ambientes ricos que são convites para conhecer lugares, pessoas, histórias, mitos, ideias, objetos, tecnologias que proporcionam o desenvolvimento educacional, cultural e intelectual do homem.
Atualmente existem inúmeros possibilidades de ensino - aprendizagem, uma delas é a Educação a Distância, na qual envolve o uso de novas tecnologias, que contribui de forma significativa para a inclusão educacional e maior alcance de informação e conhecimento. A educação a distância (EaD), deve ser vista , compreendida como um meio de se fazer educação, pois desta forma facilita a democratização da educação.
O Núcleo de Tecnologias para Educação – UemaNet, tem como missão dar suporte tecnológico e logístico aos cursos à distância e presenciais, oferecidos pela Universidade Estadual do Maranhão, no que diz respeito ao desenvolvimento e à produção de mídias educacionais, abrangendo parte do território maranhense, tendo como objetivo ser referencial em  desenvolvimento de mídias, métodos e sistemas, que possam dar suporte tecnológico e informacionais aos cursos nas modalidades a distância e presenciais.
A partir desta perspectiva, surgiu então a necessidade da implantação de um sistema de Unidade de Informação capaz de oferecer, nos mais variados tipos de suportes, informações satisfatórias, para que os alunos atendidos pelo Núcleo, bem como toda a comunidade em que está inserido, sejam alcançados pelo avanço da pesquisa e das ciências.
O objetivo da ação é promover a socialização da informação científica no ambiente virtual de aprendizado- AVA do UemaNet, criando suporte para pesquisa acadêmica compatível com as necessidades específicas do aluno de EaD por meio da implantação da Biblioteca Digital. “O que pudermos fazer para atender a necessidade dos usuários da unidade de informação nós faremos, porque o setor nasceu exatamente com esse objetivo para ser um espaço de estudo e informação seja físico ou virtual”, diz a Bibliotecária Kátia Soares.
Segundo a Auxiliar de Biblioteca, Tatiana Ferreira, um dos mais importantes benefícios da modalidade EAD, é poder chegar onde a universidade convencional, com toda sua estrutura física não pode alcançar, e/ou atender ao público que não possui disponibilidade suficiente para cursar a modalidade tradicional de ensino. "Sabemos que as pessoas que optam por este caminho, enfrentam algumas barreiras, entre elas a falta de material apropriado para a pesquisa e a elaboração de trabalhos. E pensando em atender as necessidades tão específicas deste público, pensou-se na implantação do sistema de Bibliotecas UemaNet, podendo assim, oferecer aos alunos do Núcleo, dos polos e de toda comunidade a qual está inserida, suporte informacional direcionado e com qualidade”, destaca Tatiana.
São mais de mil livros e desses 500 já estão catalogados. Lá você pode encontrar fascículos de Psicologia, Educação, Pedagogia, Administração, Filosofia, Religião, Sociologia, entre outros, além de vídeos aulas.
A biblioteca está em fase de estruturação, com a montagem do layout da sala, compra de livros e mais alguns fascículos, de acordo com a necessidade das coordenações de cursos. A previsão de inauguração é setembro de 2012. Então vote na enquete, na página principal do nosso site, e escolha um nome para a Biblioteca UemaNet.
Saiba um pouco mais sobre os nomes que podem ser votados
Paulo Freire
Foi o mais célebre educador brasileiro, com atuação e reconhecimento internacionais. Conhecido principalmente pelo método de alfabetização de adultos que leva seu nome, ele desenvolveu um pensamento pedagógico assumidamente político. O principal livro de Freire se intitula justamente Pedagogia do Oprimido e os conceitos nele contidos baseiam boa parte do conjunto de sua obra.
João Miguel Mohama
João Miguel Mohana foi escritor, médico e sacerdote. Um homem a par do que se passava no mundo, seja no terreno artístico ou literário, seja no âmbito político e religioso, cujos problemas abordou com uma visão que falta a muitos autores. Ele foi um filósofo aberto a todas as correntes religiosas, filosóficas e políticas contrárias às suas, cujas ideias analisava com conhecimento fora do comum. Seus livros conduzem o leitor à reflexão, e mesmo aqueles que não comungam com suas ideias não se irritam com a maneira que as defende.
Prof.Seymour Papert
Prof.Dr. Seymour Papert foi matemático e considerado um dos pais do campo da Inteligência Artificial. Além disso, ele é internacionalmente reconhecido como um dos principais pensadores sobre as formas pelas quais a tecnologia pode modificar a aprendizagem.
Coelho Neto
Dedicou-se a literatura com entusiasmo, publicando obras atrás de obras. Escreveu algumas peças teatrais, mais de cem livros e cerca de 650 contos. Foi também um orador de grandes recursos. Sendo um dos fundadores da Academia Brasileira de Letras, chegou a ser consagrado como “Príncipe dos Prosadores Brasileiros”.
Aluísio Azevedo
Aluísio Tancredo Gonçalves de Azevedo foi um crítico impiedoso da sociedade brasileira e de suas instituições. Abandonou as tendências românticas em que se formara, para tornar-se o criador do naturalismo no Brasil, influenciado por Eça de Queirós e Émile Zola. Seus temas prediletos, focados na realidade cotidiana, foram o anticlericalismo, a luta contra o preconceito de cor, o adultério, os vícios e a vida do povo humilde.

Fonte: http://www.uemanet.uema.br/site/index.php?option=com_content&view=article&id=1651:biblioteca-uemanet-em-fase-de-implantacao&catid=35:outras-noticias&Itemid=68

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva aqui seu comentário